sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Perfume de Gardênia... em tua boca... perfume de gardênia...Você ja ouviu?



Desde criança ouvia minha mãe cantar a canção (Perfume de gardênia.... em tua boca) e sem saber o que era gardênia cresci com essa curiosidade. Um belo dia em uma visita à uma floricultura me deparo com uma planta aparentemente comum, que possuía flores brancas com um perfume fantástico, foi quando perguntei ao atentende. Que planta é essa? E ele respondeu: "Gardênia". E foi ai onde tudo terminou, começou, não sei ao certo. Levei a planta para casa e ao anoitecer ela mostrou porque é uma das flores mas referenciadas em diversas músicas e até filmes como Perfume de Gardênia de Waldick Soriano e o Filme brasileiro "Perfume de Gardênia" de 1992 do gênero drama dirigido por Guilherme de Almeida Prado.

A gardénia é uma planta ornamental da família das rubiáceas, também chamada de jasmim-do-cabo. De origem chinesa, é um arbusto que pode atingir até 2 metros de altura.
No início da primavera, a gardénia começa a cobrir-se de belas e perfumadas flores brancas. O seu perfume





doce e intenso que rendeu-lhe o nome popular de jasmim-do-cabo, mesmo não sendo uma espécie da família dos jasmins. Seu habitat nativo é a China porém se desenvolve muito bem nas regiões tropicais e subtropicais do planeta.

O responsável pelo nome “gardénia” foi o botânico americano Alexander Garden. Existem cerca de 250 espécies conhecidas como gardénia, porém a mais cultivada e famosa é a Gardenia jasminoides que, recentemente, parece ter sido reclassificada como Gardenia augusta.As folhas persistentes, opostas, elípticas ou abobadadas, acuminadas ( terminadas em pontas) e brevemente pecioladas, medindo entre 5 e 6,5cm de comprimento e entre 1,5 a 2cm de largura. As flores são actinomorfas e hermafroditas. Podem ser simples ou dobradas, muito perfumadas e de cor branco cremoso. O período de floração começa com a Primavers e se estende até os princípios do Verão. 

O jasmim é um dos arbustos que goza de maior popularidade entre os amantes da jardinagem. A folhagem sempre verde forma uma massa densa e compacta sobre a qual se destacam as flores de cor branco cremoso.
Bem, se você tem gardênia em casa, párabens. Caso não possua e queira adquirir uma entre em contato conosco.


DICAS DE CULTIVO

Substrato: Ligeiramente ácido, composto por duas partes de composto orgâncio, uma de turfa e uma de areia de rio.

Transplante: a cada 2 anos depois da floração.

Adubação: uma vez por semana utilizar um produto líquido. A quantidade adequada é a quarta parte da dose indicada na embalagem, de meados do Verão até o final do Outono, aumentando gradativamente os intervalos da adubação. Não adubar no Inverno e durante a formação dos botões florais e floração (mais informações sobre adubação)

Rega: a rega deve ser abundante. O solo deve estar sempre úmido porém não encharcado.

Poda: reduzir o comprimento dos ramos depois da floração. Quando os brotos novos tiverem de 4 a 6 pares de folhas, devem ser reduzidos a 2 ou 3. A desfolha não deve ser praticada.

Propagação: por estaca, alporque aéreo ou plantas de viveiro e recuperadas.

Localização: meia sombra no Verão e pleno sol durante o resto do ano. No interior de casa ou apartamentos deve cultivar-se perto de uma janela bem iluminada, longe de qualquer fonte de calor.

Aramação: depois da floração e antes que brotos novos lignifiquem.

Estilos: Ereto informa, escova, cascata, semi-cascata, enraizado em rocha, duplo tronco e tronco triplo.

Pragas e enfermidades: cochonilhas e lagartas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário