quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Não tem quintal? Que tal um jardim na laje?

É isso mesmo. Na laje, além do jardim vertical, você também pode montar o seu jardim sobre a laje da sua casa, mas para isso é necessário adotar algumas medidas antecipadamente. Veja como abaixo?

JARDIM SOBRE A LAJE DE COBERTURA
     A colocação de gramados, arbustos, flores e até mesmo árvores sobre a laje de cobertura pode transformar um espaço esquecido da casa num jardim particular. Porém, isso requer uma consulta prévia a um arquiteto/engenheiro e um paisagista, uma vez que as lajes devem ser dimensionadas, na fase de projeto, de acordo com o volume de terra a ser usado, que, por sua vez, será determinado pelo porte das plantas.
     Alguns cuidados são essenciais, como a colocação de ralos em número suficiente para escoar bem a água. A posição exata deles deve ficar definida em planta, pois, em caso de eventuais vazamentos de água, será fácil localizar e abrir o local para
conserto. A impermeabilização é outro passo importante, apesar de simples: aplica-se uma manta asfáltica, já que a própria terra protege a laje da ação do sol e da chuva. Antes de colocar a terra, aplica-se uma camada de argila expandida e uma manta de bidim (ver ilustração).
     Se houver um acesso para a água, é possível regar e adubar manualmente. Recomenda-se a adubação foliar, que faz com que as raízes cresçam menos, pois param de procurar o alimento no solo, acostumando-se a recebê-lo por via aérea, evitando que se enrosquem e entupam os ralos.
jardim sobre a laje
• Drenagem - a cada 3m lineares, coloca-se um ralo. Aplica-se uma fina tela de arame sobre cada um, evitando que as raízes cresçam para dentro dos canos.
• Impermeabilização - esta superfície tem de ser impermeabilizada com manta asfáltica, um processo rápido e simples, feito por firmas especializadas.
• Argila expandida - coloca-se diretamente sobre a laje impermeabilizada, permitindo um escoamento eficaz da água e evitando que o solo fique encharcado. A camada previne entupimentos, já que separa a terra do ralo.
• Manta de bidim - deve ser esticada sobre a argila expandida e colada à paredes da laje. Funciona como um filtro, retendo impurezas. Por isso, a água segue mais limpa para o ralo.
• Solo preparado - para uma boa drenagem, evita-se usar terra argilosa. Uma boa mistura leva 4 partes de terra mista (terra de barranco, sem ervas daninhas e sementes), 1 parte de areia lavada, fina, e 1 parte de húmus, para alimentar o solo. Joga-se o preparado sobre a manta de bidim, finalizando o trabalho.

Neste exemplo, para camuflar a laje da casa foi criado um verdadeiro jardim nas alturas. Nele foram plantadas variadas espécies de bromélias, pela simples manutenção, pelo pouco peso e pela facilidade de visualização, mesmo a distância. Seixos-batata forram o piso.


Projeto: paisagista Alexandre FangArquivo

2 comentários:

  1. Olá!
    Parabéns pelo Blog, está muito legal!
    E pelo empreendimento também,vi que a visita ao orquidário surtiu efeito hein!

    Jhozi

    ResponderExcluir
  2. MUITO BOM SEU ESCLARECIMENTO, MAS EU QUERO SABER SE
    PODEREI, PLANTAR POR EX. GRAMA ESMERALDA SOBRE UMA MANTA , COBERTA COM TERRA PROPRIA( MOTIVO ) EVITAR ERVAS DANINHA o colocal que eu possuo NÃO E GRANDE TALVEZ 15 m2, meio sol meia sombra- principalmente nesta epoca do ano - ( a tarde o sol bate de frente ao local) problema maior são as ervas daninha.

    ResponderExcluir